Decreto Arquidiocesano

Após longo tempo de reflexão, tendo consultado a Assembléia Arquidiocesana a respeito do tema; mediante o fato que várias  paróquias já aboliram o álcool nas festas da Igreja; com a aprovação unânime do Conselho Presbiteral e o apoio do povo, e mediante a nova lei que prescreve tolerância zero para o álcool no trânsito, decretamos:

1.A partir desta data está abolida e proibida a venda ou uso de álcool nas festas de Igreja

2.Este decreto deve tornar -se conhecido e respeitado por todos

3.As lideranças que não acolherem estas disposições sejam afastadas pelo pároco e substituídas por outras

4.Seja incentivada permanentemente a Pastoral do Dizimo.

Londrina, 01 de março de 2013.

 

Publicado em Noticias | Com a tag , | Deixar um comentário

Maquete, Projeto Salão Paroquial

SalaoParoquialA maquete esta pronto, o projeto arquitetônico em andamento e os tramites burocráticos para início das obras também.

Será preciso empenho da comunidade, quando for dado a largada inicial da obra e, desde já a Paróquia esta contando com sua gentil  colaboração, assim como foram para a aquisção dos bancos e do sacrário em melhorias passadas. Temos que ressaltar que isso demandará muito mais recursos que as campanhas anteriores, no entanto, com fé e disposição alcançaremos o objetivo, afinal um novo salão é uma necessidade

Publicado em Noticias | Com a tag , | Deixar um comentário

A biografia do novo papa Francisco

Jorge Mario Bergoglio, 77 anos, nasceu no bairro de Flores na grande Buenos Aires em 17 de dezembro de 1936. Depois de estudar para técnico em química escolheu o sacerdócio e entrou na Companhia de Jesus.

Estudou filosofia e teologia na Faculdade do Colégio Máximo de São José. Foi mestre de noviços e professor universitário de teologia, provincial dos jesuítas em seu país e presidente da Conferência Episcopal de 2005-2011. No dia 13 de dezembro de 1969 foi ordenado sacerdote. Concluiu pós-graduação na Universidade de Alcalá de Henares e em 1986 completou sua tese de doutorado na Alemanha. João Paulo II o nomeou Cardeal em 2001.

Segundo informações, no conclave de 2005 foi protagonista junto a Ratzinger. Tem uma forte experiência pastoral, é conhecido por dizer a verdade com clareza. Sua página no Facebook tem mais de 37.000 Likes, mesmo não sendo ele quem administra. Geralmente utiliza os meios públicos de transporte.

Ele não dá entrevistas, os jornalistas tiram suas declarações das homilias. Enfrentou fortemente as autoridades locais em questões como o aborto, matrimonio homossexual e a liberalização das drogas.

O cardeal primaz da Argentina sempre teve uma posição próxima às classes menos favorecidas. Recentemente, criticou os sacerdotes que se recusam a batizar bebês nascidos fora do casamento, de acordo com informações da imprensa local.

zenit.org

Publicado em Geral, Noticias | Com a tag , | Deixar um comentário

Catecismo

O Catecismo da Igreja Católica é composto de assuntos que ajudam a iluminar as situações e problemas encontrados na Igreja Católica, traz assuntos com o objetivo de formar e direcionar o seus fiéis, explicando a Doutrina da mesma. Apresenta ensinamentos da Sagrada Escritura, da Tradição e do Magistério; segundo o catolicismo, traz também a herança deixada pelos Santos Padres, santos e santas da Igreja. É destinado também a iluminar as novas situações e os problemas que ainda não tinham surgido no passado.

Este é um livro que todo cristão católico deveria ter, assim, juntamente com a Bíblia, com certeza encontraria respostas para muitas situações que nós parece de difícil compreensão no dia-a-dia

Padre Lourival tem aproveitado ocasiões e feito uma catequese baseado no catecismo, sempre que surge  situações relevante em nosso meio.

Publicado em Geral | Deixar um comentário

Compêndio Vaticano II

O objetivo do Concílio é discutir a acção da Igreja nos tempos actuais, ou seja, a sua finalidade é “promover o incremento da católica e uma saudável renovação dos costumes do povo cristão, e adaptar a disciplina eclesiástica às condições do nosso tempo” e do mundo moderno.[9] Por outras palavras, o Concílio pretende o aggiornamento (actualização e abertura) da Igreja.

O Papa João XXIII “imaginava o Concílio como um «novo Pentecostes» […]; uma grande experiência espiritual que reconstituiria a Igreja Católica” não apenas como instituição, mas sim “como um movimento evangélico dinâmico […]; e uma conversa aberta entre os bispos de todo o mundo sobre como renovar o Catolicismo como estilo de vida inevitável e vital“.[10]

Por esta razão, ao contrário dos concílios ecuménicos anteriores, preocupados mais em condenar heresias e em definir verdades de fé e de moral, o Concílio Vaticano II “teve como orientação fundamental a procura de um papel mais participativo para a católica na sociedade, com atenção para os problemas sociais e econômicos“.[11] Aliás, o próprio Papa João XXIII teve o cuidado de mencionar a diferença e a especificidade deste Concílio: “a Igreja sempre se opôs a […] erros; muitas vezes até os condenou com a maior severidade. Agora, porém, a esposa de Cristo prefere usar mais o remédio da misericórdia do que o da severidade. Julga satisfazer melhor às necessidades de hoje mostrando a validez da sua doutrina do que renovando condenações“.[12]

Logo, o Concílio não visava condenar heresias nem proclamar nenhum dogma novo.[10][13] O Concílio apenas queria dar uma nova orientação pastoral à Igreja e uma nova forma de apresentar e explicar os dogmas católicos ao mundo moderno, mas sempre fiel à Tradição.[14] O próprio Papa João XXIII afirmou que “o que mais importa ao Concílio Ecumênico é o seguinte: que o depósito sagrado da doutrina cristã seja guardado e ensinado de forma mais eficaz“.[15] Para satisfazer esta sua intenção, o Papa queria ardentemente que a Igreja mudasse de mentalidade, para poder melhor enfrentar e acompanhar as transformações do mundo moderno.[16]

Pelas palavras da constituição Sacrosanctum Concilium, o “Concílio propõe-se fomentar a vida cristã entre os fiéis, adaptar melhor às necessidades do nosso tempo as instituições susceptíveis de mudança, promover tudo o que pode ajudar à união de todos os crentes em Cristo, e fortalecer o que pode contribuir para chamar a todos ao seio da Igreja“.[17]

Publicado em Geral | Deixar um comentário